Noticias

Hipotireoidismo: alimentos e nutrientes que impactam na ação da tireoide (Parte 2)

JÉSSIKA CARVALHO | CRN 3-28292
Nutricionista | Mestra em Ciência dos Alimentos | Pós graduada em Nutrição Clínica e Hospitalar

Na matéria anterior falamos sobre os nutrientes que influenciam na função da tireoide como o iodo, o selênio e o zinco e as principais fontes alimentares dos mesmos. Hoje vamos falar sobre o glúten e alimentos que possuem substancias que podem interferir ou auxiliar na função desta glândula.
Glúten: é um tipo de proteína que pode ser encontrada nos cereais como trigo, centeio ou cevada e na maioria dos produtos industrializados.
Autores observaram que a dieta sem glúten pode reverter alterações do hipotiroidismo subclínico (uma forma branda de hipotireoidismo, geralmente sem sintomas, mas já detectável através de exames laboratoriais). Outros estudos relataram que a dieta sem glúten protegem as pessoas de doenças da tireoide e orientam que deve ser iniciada precocemente, a fim de prevenir ou minimizar seu desenvolvimento. No entanto, para realizar um dieta isenta de glúten que não traga outros riscos para sua saúde, procure um nutricionista.
Brássicas (brócolis, couve-flor, couve, repolho, rabanete): apresentam substâncias como o tiocianato e o isotiocianato que após serem consumidas podem competir com o iodeto e comprometer a produção dos hormônios. Até o momento, não há estudos que definam a quantidade de brássicas que precisa ser consumida para interferir significativamente na síntese hormonal. Portanto, não saia restringindo ou abominando o consumo desses alimentos sem antes consultar um nutricionista. Estes alimentos são ricos em fibras e minerais importantes para a saúde e o profissional saberá lhe informar sobre suas necessidades.
Soja: A isoflavona presente na soja pode aumentar a produção de TSH endógeno e em pacientes com baixo consumo de iodo isso pode levar ao hipotereoidismo. Além disso, pessoas que já usam medicação para hipotireoidismo devem evitar a soja, pois esta pode bloquear a absorção destes medicamentos.
Biomassa de Banana verde: Doenças autoimunes podem estar relacionadas com à disbiose (desequilíbrio das bactérias intestinais). Nesse caso, a biomassa é um dos alimentos preferidos das bactérias boas, melhorando seu sistema imunológico.
Não é um ou outro alimento que fará milagres, então mude seu estilo de vida, tenha uma alimentação saudável com pratica de exercícios físicos para prevenir e/ou auxiliar no tratamento do hipotireoidismo.



Fonte: http://avpgraficaejornal.com.br/layout/index.php/2019/02/01/hipotireoidismo-alimentos-e-nutrientes-que-impactam-na-acao-da-tireoide-parte-2/






Copyright © 2019. Direitos de conteúdo reservados a:
ACIUR - ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E EMPRESARIAL DE URUPÊS

Mauritec

Rua Rui Barbosa, 296 - Centro - Urupês/SP
Fone: (17) 3552-1568
E-mail: aciur@aciur.org.br